Crítica – Peterloo (2018)

O povo unido contra o Supremo Tribunal Federal Inglês           Ao fim das Guerras Napoleônicas, em 1815, o Reino Unido passou a sofrer com períodos de carestia e desemprego crônico, exacerbados pela aprovação das chamadas Corn Laws (Leis dos Cereais) levando em 1819 mais de 100 mil pessoas descontentes às ruas de Manchester lideradas pelo […]

Leia mais Crítica – Peterloo (2018)

Crítica – Castlevania (2017)

O demiurgo esquentadinho, o bêbado nobre e a clériga feiticeira (eles são demais!)  Anime adulto da Netflix em duas temporadas até agora baseado no enredo do game da Nintendo de 1989, Castlevania III: Dracula’s Curse e apenas copiando a parte gráfica de Castlevania: Symphony of the Night. Em 1455 a Igreja Católica – a  principal […]

Leia mais Crítica – Castlevania (2017)

Crítica – Verão de 84 (2018)

Stranger Things sem fantasia, sem graça      “Verão de 84” desenvolve-se durante o boicote da nação do Ursinho Misha à Olimpíada de Los Angeles em resposta ao mesmo boicote do Tio Sam quatro anos atrás. Na pequena cidade costeira de Cape May, Oregon, o voyeur apaixonado pela vizinha mais velha Nikki (Tiera Skovbye -Riverdale), […]

Leia mais Crítica – Verão de 84 (2018)

Crítica – Pássaros de Verão (2018)

Irmãos de armas de tradições milenares   Desde a guerra de Troia provocada pelo rapto de Helena, de Romeu e Julieta ao Poderoso Chefão, disputas entre famílias pelo poder são tão nocivas quanto as político-religiosas. A trama ficcional durante a bonança da maconha remete às origens do narcotráfico precursora da era Pablo Escobar. Ambientado entre as […]

Leia mais Crítica – Pássaros de Verão (2018)

Crítica – Um Amor Impossível (2018)

Quem ama, cuida    Na Châteauroux de 1958 dois jovens de classes sociais divergentes engatam “Um Amor Impossível” frutificando gravidez indesejada. Por conseguinte, o abastado Philippe (Niels Schneider) se recusa a casar com Rachel (Virginie Efira) e os avôs aristocratas de ver a neta Chantal (interpretada como adolescente pela estoniana Estelle Lescure) durante toda vida. […]

Leia mais Crítica – Um Amor Impossível (2018)