Critica – Babenco – Alguém Tem que Ouvir o Coração e dizer: Parou (2020), Ícaro (2017), High Score (2020) e Borat: Fita de Cinema Seguinte (2020)

Babenco, Borat, Putin e Super Mario Bros – É tudo verdade! Nascido na Argentina o diretor de Carandiru, Hector Babenco, recebeu o dom encantado da sétima arte e com muita dedicação aprimorou a técnica dourada, influenciado pela cultura, hábitos e costumes brasileiros pela qual se apaixonou perdidamente, tornando-se o maior cineasta tupiniquim da história. O […]

Leia mais Critica – Babenco – Alguém Tem que Ouvir o Coração e dizer: Parou (2020), Ícaro (2017), High Score (2020) e Borat: Fita de Cinema Seguinte (2020)

Críticas – Sombras da Vida (2017), O Sexto Sentido (1999), Clube da Luta (1999) e Tempos de Violência (1999)

Histórias de fantasmas: amigos ocultos ou nem tanto O maior prazer de um típico fantasma é assombrar o antigo lar, principalmente após morte violenta, análoga a do filme: Sombras da Vida (A Ghost Story). Na trama, o Espírito cartunesco (Casey Affleck), falecido em um grave acidente de carro, ainda apegado a matéria, recusa o Portal […]

Leia mais Críticas – Sombras da Vida (2017), O Sexto Sentido (1999), Clube da Luta (1999) e Tempos de Violência (1999)

Crítica – A Caverna (2017)

O sucesso da Netflix: A Caverna mistura Dark e Goonies  Ao explorarem uma caverna em busca da Fonte da Juventude, estudantes de arqueologia descobrem que o tempo lá embaixo funciona diferente do tempo na superfície. Conceitos muito interessantes sobre eternidade e sobre a clássica teoria da relatividade embutidos em um roteiro superficial que passam por […]

Leia mais Crítica – A Caverna (2017)

Crítica – Onde Está Segunda? (2017)

Sete irmãs gêmeas contra a genocida política comunista do filho único   Depois de A Fortaleza, com Christopher Lambert (1993), viajamos ao distópico ano super populacional de 2073 onde os habitantes, para sobreviverem, se alimentam de rato em vez de cachorro devido à escassez de alimentos. Nesse sentido, o governo também adota a genocida política comunista […]

Leia mais Crítica – Onde Está Segunda? (2017)

Crítica – Mary Shelley (2017)

Biografia de Mary Shelley, na Netflix,  ignora Frankenstein    Frankenstein: ou O Moderno Prometeu, a obra- prima que inaugurou tanto o Universo dos Monstros quanto o gênero da ficção científica na literatura clássica foi escrita por Mary Shelley aos 16 anos, iluminada pela tenebrosa lua cheia de 16 de junho de 1816, somado às visões e […]

Leia mais Crítica – Mary Shelley (2017)

Crítica – OtherLife (2017)

OtherLife – onde o segundo vale uma eternidade  Ren Amari (Jessica De Gouw – A Caçadora da série Arrow), filha de um grande cientista, aprimora uma droga experimental para tentar desesperadamente salvar o irmão, Jared (Liam Graham), em estado vegetativo, após ter batido a cabeça numa pedra no fundo do mar. O software biológico pretende […]

Leia mais Crítica – OtherLife (2017)

Crítica – O Guardião Invisível (2017)

Suspense psicológico imperdível com membros de “La Casa de Papel”   A primeira parte da trilogia homônima escrita por Dolores Redondo, “O Guardião Invisível”, disponível no catálogo da Netflix, mistura suspense psicológico com toques de terror mitológico, em uma trama fluente e complexa, onde não se pode piscar nem por um segundo. Ambientado em Pamplona, na […]

Leia mais Crítica – O Guardião Invisível (2017)

Crítica – A Noite é Delas (2017)

Despedida de solteiro com Scarlett Johansson e Demi Moore, chega à Netflix   Em 2006, as amigas da faculdade, Alice (Jillian Bell), Blair (Zoë Kravitz) e Frankie (Ilana Glazer) resolvem fazer uma quase inocente despedida de solteiro para a “Viúva Negra” recém formada, Jess (Scarlett Johansson), em Miami, o paraíso das solteiras, mas acabam se envolvendo […]

Leia mais Crítica – A Noite é Delas (2017)

Crítica – The Discovery (2017)

Fique nesta vida, suicídio não é resposta O cientista Thomas Harbor, interpretado por Robert Redford, comprova que existe vida após a morte provocando uma onda de suicídios em massa dos entediados com o mundo cruel, aparente. Mal sabem os desaventurados que tal sofrimento, ao invés de ser sanado instantaneamente, se propagará ainda por décadas e décadas, […]

Leia mais Crítica – The Discovery (2017)