Arquivo por Autor

SIMPLICIDADE E PUREZA DE CORAÇÃO

Publicado originalmente em Centro Kardecista "Os Essênios":
  “Bem-aventurados os que têm puro o coração, porquanto verão a Deus.” (Mateus, cap. V, vv8)   Diante da compreensão da humanidade, a…

Crítica – Frantz (2016)

O bom samaritano arrependido   Foi com polêmicas e comoventes histórias que François Ozon se tornou um dos grandes diretores da atualidade. Desta vez ele inova na linda e melancólica trama em preto… Continuar lendo

Crítica – A Mulher do Pai (2016)

Terra Brasilis   Em uma singela aldeia na divisa do Brasil com o Uruguai – cujos habitantes vivem da pecuária e não têm internet para se distrair –, a orgulhosa adolescente Nalu (Maria… Continuar lendo

Crítica – O Círculo (2017)

Vida intima e mortal em rede social   Obras sobre invasão de privacidade após o advento da internet revelando o lado negro da tecnologia são recorrentes no cinema. Aqui, trata-se de uma imensa… Continuar lendo

Cinema.Estreias da Semana.16.06.17

Baywatch Confira a crítica Mitch Buchannon (Dwayne Johnson) é um devoto salva-vidas, orgulhoso do seu trabalho. Enquanto está treinando o novo e exibido recruta Matt Brody (Zac Efron), os dois descobrem uma conspiração… Continuar lendo

Crítica – Réquiem para um Sonho (2000)

O sonho de ficar magra e ganhar dinheiro fácil.   O diretor Darren Aronofsky inova ao levar o espectador á uma viagem alucinante pelo mundo das drogas.Este é sem duvida, um dos filmes mais… Continuar lendo

‘Dois Irmãos’: conheça a história da nova minissérie da Globo

Publicado originalmente em TVN:
Os desafetos e intensos conflitos de uma família de imigrantes libaneses serão o mote de Dois Irmãos. Na minissérie de dez capítulos – escrita por Maria Camargo, a partir…

O Último Cine Drive-In

Publicado originalmente em cinemaemovimentoblog:
O Último Cine Drive-in. (Comédia/drama/Família); Elenco: Rita Assemany, Othon Bastos, Breno Nina, Fernanda Rocha; Direção: Iberê Carvalho; Brasil, 2014. 100 Min. O cinema brasileiro no estilo autoral, o chamado…

“Sangue é vida”, ou por que assistir a Mate-me Por Favor

Publicado originalmente em Contracenário:
No primeiro take, um olhar marejado, distante. Alguém nos encara em devaneio, a lágrima escorrendo pelo rosto. É uma moça. Desconfortável e alheia à festa, resolve trilhar o caminho de…

Crítica – Baywatch (2017)

Em clima de zoeira     O longa dirigido por Seth Gordon – ao estilo ame ou odeie – é uma sátira escrachada do seriado mais assistido de todos os tempos sobre os… Continuar lendo