Crítica – Estaremos Sempre Juntos (2019)

Estaremos sempre juntos

Drama familiar e humor pastelão na medida certa

  Grande reunião familiar em uma bela casa litorânea durante um fim de semana, expõe as fragilidades escondidas dos integrantes. Ao todo são três gerações mesclando drama e humor na medida certa. O mesmo elenco competente de “Até a Eternidade”, incluindo a atriz Marion Cotillard (Assassin’s Creed), novamente juntos nesta sequência a fim de comemorar a chegada do patriarca ranzinza, Max (François Cluzet, de Intocáveis) à terceira idade. “Estaremos Sempre Juntos” já é sucesso de público e crítica na França e certamente irá conquistar os brasileiros devido ao rico choque de ideias criativas em personalidades antagônicas, característico das melhores famílias brasileiras.

Estaremos Sempre Juntos. Direção: Guillaume Canet. Comédia Dramática. (Nous finirons ensemble, França, Bélgica, 2019,135 min).14 anos. Nota: 4,0.

Nota - 04

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s