“Que ingenuidade: pedir a quem tem o Poder para reformar o Poder”…

Cidadania & Cultura

Citação de Giordano Bruno

A confissão de Giordano Bruno em 1600 perante o Papa da Igreja Católica:

“Eu apenas errei quando ousei pedir à Igreja que combatesse um sistema de superstição e ignorância que a sustenta. Errei eu quando acreditei poder reformar as condições dos homens com a ajuda deste ou daquele príncipe. Vi todas as tentativas que fiz acabarem em sangue.  Quanta perda [se provoca ao] pedir a quem tem os poderes que reforme o poder. Que ingenuidade… Quiseram minha confissão, já a tiveram. É a confissão de uma derrota”.

Pedir ao Congresso que ele faça uma Reforma Política que, de fato, mude as regras do jogo (p.ex., proibição de reeleições contínuas de parlamentares): que ingenuidade… Só a pressão democrática para um Plebiscito que aprovasse uma Assembléia Constituinte exclusiva conseguiria essa reforma!

Leia maisDebate sobre Reforma Política (a série de cinco posts iniciada em 24/02/2011 – início da atual legislatura)

Ver o post original

Anúncios