Dia dos Namorados – O amor é cego

Dia dos namorados 2017

O amor é dúbio, o amor é cego; Afrodite é celestial, Afrodite é vulgar. No entanto, o amor verdadeiro é incondicional; para ele não existe o feio, não existe o mal, nem a escuri-dão, porque é imortal. Por isso Afro-dite se casou com o antipático, coxo e deformado Hefesto, após ser perdoa-do pela mãe Hera por ter sido jogado do Olimpo ao mar. O deficiente físico, em vez de se vingar na qualidade de excelente ferreiro, retornou à morada dos deuses porque fabricou os melhores presentes e as armas ideais para os deuses e as deusas. Logo, Afrodite traiu Hefesto com Ares, o deus da guerra, tendo um filho amoroso chamado Eros. Mesmo durante a guerra, no pior momento de nossas vidas, de-vemos orar e ter paciência, porque a esperança é a última que morre. Deus sempre atende nossos pedidos; o amor sempre vence no final.

Anúncios