Crítica – Antes Que Eu Vá (2016)

523468.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

Dia da Marmota ou Dia do Cupido ?

      Baseado no best-seller de Lauren Oliver, o longa tem
temática muito semelhante à da hilária comédia Feitiço do Tempo (1993), com tom bem mais dramático. Aqui, a jovem patricinha e esquentadinha Samantha Kingston (Zoey Deutch) revive inúmeras vezes o trágico dia de sua morte (Dia do Cupido) até poder cumprir sua tarefa na Terra. Qual seria ela? Praticar a caridade como nosso guia e modelo Jesus Cristo. “Benevolência para com todos, indulgência para as imperfeições alheias, perdão
das ofensas.” (definição de caridade do Livro dos Espíritos). Quem dera se todos os nossos pecados, ou melhor, todos os nossos débitos reencarnatórios, pudessem ser corrigidos em apenas um dia.Antes Que Eu Vá (Before I fall, EUA, 2016), de Ry Russo-Young.98 min. 10 anos.Nota :3,5. 

Nota - 3,5

 

Anúncios