Crítica – Era O Hotel Cambridge (2016)

198879.png-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

Em busca de um  lar

Documentário “falso”, interpretado por atores, sobre a
real ocupação de um conceituado hotel abandonado no
centro de São Paulo. Destaque para os refugiados da Colômbia, França, Congo e Palestina, vítimas do ódio dos haters covardes da internet. Quem administra a ocupação com atitude, organização e disciplina é a síndica Carmen (Carmen Silva), responsável por transformar a espelunca em um lugar decente e mais seguro do que a maioria das favelas. Lá tem água potável encanada e até eletricista profissional. O filme não toma partido, mas sugere que imóveis ociosos devem ser cedidos aos moradores de rua pelo poder público-privado, e não se tornar um entrave judicial mesquinho.Era O Hotel Cambridge (Brasil, 2016), de Eliane Caffé (Narradores de Javé).Drama.89 min.12 anos.Nota 3.0.

 Nota - 03

Anúncios