TOC: Transtornada, Obsessiva, Compulsiva (Teo Poppovic e Paulinho Caruso, 2017)

Juliana Varella


Comédia nacional é sempre um assunto delicado. Há quem ame, há quem odeie e há quem não assista nem amarrado. Normalmente, me encaixo na última categoria (inclusive para as estrangeiras), exceto pelo fato de que é minha obrigação assistir e, vez ou outra, acabo me surpreendendo.

Esse foi o caso com “TOC: Transtornada, Obsessiva, Compulsiva”, longa de Paulinho Caruso e Teodoro Poppovic que estrela Tatá Werneck, Vera Holtz e Daniel Furlan, com participações de Luís Lobianco, Bruno Gagliasso e Ingrid Guimarães. O filme estreia no dia 2 de fevereiro e chama a atenção por trazer um humor inteligente, autoconsciente e inesperadamente cinéfilo.

“TOC” conta a história de Kika K. (Werneck), uma atriz que alcança o ponto alto de sua carreira, mas descobre que não está feliz. Enquanto ela tem pesadelos envolvendo a próxima novela das 20h – a distopia futurista Amorgeddon, o Apocalipse do Amor (melhor título ever)…

Ver o post original 407 mais palavras

Anúncios