Crítica – 1ª Temporada Westworld (2016)

298580-jpg-r_640_600-b_1_d6d6d6-f_jpg-q_x-xxyxx

A Jornada  Evolutiva do Androide

Westworld é sem dúvida a melhor série de 2016 sobre um parque temático futurista nos moldes do Velho Oeste cujos habitantes são robôs construídos a imagem e semelhança do ser humano. 

 

199900-jpg-r_640_600-b_1_d6d6d6-f_jpg-q_x-xxyxx

A Série 

Lá, os clientes – ou novatos – podem fazer o que bem entender com eles sem obedecer regras ou leis como se fossem seus servos já que foram programados para não ferir os visitantes em hipótese alguma.Baseado no longa-metragem homônimo e bem limitado de 1973, -cujo conceito de rebelião das máquinas ficou famoso na franquia de O Exterminador do Futuro.O ramake criado por Jonathan Nolan, Lisa Joy e produzido por J.J. Abrams,conta com muito mais recursos tecnológicos e androides inteligentes que lembram os do filme Ex-Machina.Esses replicantes evoluíram ao longo dos anos e anseiam agora por novos horizontes fora da zona de conforto. Inevitável comparação com o Mito da Caverna de Platão ou em linguagem cibernética,a  Matrix.

 

329697-jpg-r_640_600-b_1_d6d6d6-f_jpg-q_x-xxyxx

O deus criador para os androides somos nós seres humanos, especificamente Arnold, o criador do parque que atualmente encontra-se desaparecido,mas deixou muitos ensinamentos dentro da mente das mais evoluídas criaturas a fim de sentirem sua eterna presença angelical. Uma espécie de auto consciência limitada que vai ao encontro da obra de arte mais famosa de, Michelangelo  A Criação de Adão.O pintor em protesto aos dogmas da Igreja Católica sutilmente e de forma muito habilidosa e discreta fez um cérebro ao redor de Deus no teto da Capela Sistina insinuando talvez que Adão criou Deus (na sua imaginação) e não o contrário.Já os filósofos e espiritualistas interpretaram que Deus vive dentro de nós, portanto nunca nos abandona participando das nossas decisões sem interferir em nosso livre-arbítrio já que a evolução é individual . A simbologia acabou agradando tanto cientistas quanto espiritualistas .Quando alguém mata um robô em Westworld eles são levados para um local específico(Limbo, Umbral , Purgatório)  e reparados em algumas horas,voltando a ativa em uma nova encarnação. No entanto, perdem quase todas as memórias anteriores esquecendo o passado de propósito para não influenciar os novos, sobretudo, os velhos clientes. Contudo , sofrem constantes lapsos de memória (déjà vu) que os deixa extremamente confusos ;  é  o que a filosofia chama de ideias inatas. Semelhante a jornada evolutiva do Espírito que passa por milhares de encarnações desde o átomo até o arcanjo ou Nirvana atingindo ai a sonhada paz interior.

300518-jpg-r_640_600-b_1_d6d6d6-f_jpg-q_x-xxyxx

Os Personagens

Dolores (Evan Rachel Wood) é a personagem principal da primeira temporada,uma das mônadas restantes que pairavam ao lado do criador Arnold. Hoje é uma das replicantes mais evoluídas. Ela foi programada para viver eternamente dentro de sua utopia, pensando ser uma humana como nós(uma das grandes sacadas da série). Aparentemente ingênua e com rostinho de princesa ,Dolores vive em um conto de fadas (junto do pai) á espera do sonhado príncipe encantado. Há dois pretendentes ao cargo :Teddy Flood(James Marsden) o típico herói de Velho Oeste destinado a salvar a mocinha quando estiver em perigo, e o amante apaixonado William (Jimmi Simpson) que subitamente surge em sua vida após conhecer o parque pela primeira vez, acompanhado do veterano e amigo mal intencionado Logan (Ben Barnes).

 

183788-jpg-r_640_600-b_1_d6d6d6-f_jpg-q_x-xxyxx

O vilão responsável por estragar os planos dela é um dos androides com mais privilégios(quase imortal). O homem de preto como é chamado (interpretado por Ed Harris) é o xodó do ambicioso e atual administrador do parque Robert Ford (Anthony Hopkins- excelente).O braço direito de Robert na administração da empresa é Bernard (Jeffrey Wright) que discorda de ideias maniqueístas do chefe e tentará destituí-lo o mais rápido possível.A conspiração conta ainda com o apoio da diretora Charlotte (Tessa Thompson), Elsie (Shannon Woodward),e da amante Virginia (Sidse Babett Knudsen).

050745-jpg-r_640_600-b_1_d6d6d6-f_jpg-q_x-xxyxx

A rebelião começa a tomar forma quando os androides mais evoluídos se conscientizam que vivem dentro de um círculo vicioso subjugados pelos humanos, e que existe finalmente a possibilidade de se libertarem dessa mentira.A primeira a se rebelar contra o sistema é a meretriz Maeve (Thandie Newton) auxiliada por Armistice (Ingrid Bolso Berdal) e Hector ,vivido pelo nosso Rodrigo Santoro,em uma participação fundamental para o desfecho eletrizante da série. Nota :5,0.

Nota - 05

Anúncios