Crítica – O Plano de Maggie (2016)

Maggie's Plan

Sou amiga da ex-mulher do meu namorado

Outra personagem icônica, divertida, atrapalhada e indecisa que mora sozinha em Nova York, protagonizada por essa grande atriz revelada em Frances Ha e que ratificou o talento em Mistress America, sempre com as mesmas características. Na trama, Maggie (Greta Gerwig) não consegue ter relacionamentos estáveis e duradouros e resolve fazer inseminação artificial. Mas no meio do processo, literalmente, ela se apaixona por um charmoso professor casado (Ethan Hawke) e acaba engravidando nessa transa louca. Anos depois, ao perceber que John ainda gosta da ex-mulher Georgette (Julianne Moore), resolve ajudá-la a reconquistar o marido. Situação improvável, no entanto, um triângulo amoroso leve, agradável e muito divertido.O Plano de Maggie (Maggie’s plan, EUA, 2016), de Rebecca Miller(A Prova).92 min.12 anos. Nota :3,5. Nota - 3,5