Crítica – 13 minutos (2015)

308179-jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

E se Hitler tivesse morrido antes da segunda guerra?

Georg Elser (Christian Friedel), em sua biografia, acompanha a ascensão do nazismo desde quando este se aliou à Igreja Católica e ao Partido Comunista e começou a humilhar judeus na praça pública de Königsbronn, na Suábia, onde Elser morava, até dominar toda a Alemanha. Um homem íntegro que percebeu desde o início a farsa do partido socialista alemão e quis cortar o mal pela raiz dias antes de começar a Segunda Guerra Mundial. Para isso, no dia 8 de novembro de 1938, ele instalou sozinho uma bomba em Munique, próximo ao local onde o então chanceler Adolf Hitler faria seu discurso anual. Hitler, no entanto,deixou o local 13 minutos antes do previsto. O atentado serviu de incentivo para a elaboração da famosa Operação Valquíria.13 minutos(Elser: Alemanha, 2015), de Oliver Hirschbiegel(A Queda – As Últimas Horas de Hitler) Drama. 110 min.14 anos.Nota :3,5.

Nota - 3,5