Crítica – Satânico (2016)

satanico_1-1-750x380

Submundo desrespeitado

O outro lado da vida é, na maioria das vezes, retratado de forma pejorativa, geralmente com rituais místicos,fantasiosos e sem fundamento. Esse é o grande problema dos últimos filmes do gênero, que têm apenas o intuito de passar medo ou produzir sustos na plateia. A trama sem nexo e cheia de clichês é sobre quatro jovens em busca de aventura e ocultismo que decidem parar em Los Angeles para visitar locais onde foram realizados atos de satanismo. Mas as coisas se complicam após eles se envolverem em um misterioso culto, no qual uma menina que seria morta em um ritual é mais perigosa do que imaginavam, e irá colocá-los em um caminho sem volta.Satânico(Satanic, EUA, 2016), de Jeffrey G. Hunt.Terror.85 min. Nota: 1.5.

Nota - 1,5