Crítica – Um Dia Perfeito (2015)

469984.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

Guerra de interesses políticos

Um dia perfeito e corriqueiro para os moradores da conflitante região dos Balças em 1995 para nós pode parecer infernal mesmo quando tudo se resolve no final.Destaque para a burocracia dos tensos militares ,sobretudo as ocultas minas terrestres abandonadas que matam ou inutilizam mais cidadãos comuns á soldados inimigos.A simples retirada de um cadáver de um poço d’água  por um grupo de ajuda humanitária(Benicio Del Toro, Tim Robbins, Olga Kurylenko) acaba se transformando numa epopeia á beira de uma gigantesca tragedia.Um Dia Perfeito (A perfect day, Espanha, 2015), de Fernando León.Drama.106 min.  Nota : 3,5.

Nota - 3,5