Crítica – Life – Um Retrato de James Dean (2015)

206200.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

James Dean  antes da fama

Cinebiografia da vida de James Dean(Dane Dehaan) foca o seu lado humano e familiar sob a ótica de um simples fotógrafo (Robert Pattinson)que o acompanhou de perto as vésperas do lançamento do filme Vidas Amargas (1955). Assim como ele, somente o fan que vivenciou os anos 60 poderá compreender essencialmente este longa monótono  e cansativo para o público em geral. O polêmico astro de fala mansa  aparece aqui esquivado da imprensa e dos diretores em sua fazenda(Ben Kingsley) tentando viver uma vida normal, diferentemente  das recentes cinebiografias de Alfred Hitchcock e Marilyn Monroe que incluía agitadas cenas dos bastidores dos principais trabalhos.Life – Um Retrato de James Dean (Life, Reino Unido, EUA, Alemanha, Canadá, Austrália, 2015), de Anton Corbijn( O Homem Mais Procurado) biografia.112 min. Nota :2,5 .Nota - 2,5