Crítica – Doce Veneno (2015)

238703.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

O Tiozinho da Sukita Enfim Conseguiu

Dois amigos cinquentões,Laurent e Antoine (Vincent Cassel, François Cluzet), decidem levar suas filhas adolescentes á praia – ambiente de altas baladas noturnas.  O que deveria ser um momento de descanso, torna-se uma confusão quando a filha de Antoine, Louna, se apaixona por Laurent. Uma divertida comédia estrelada pelo marido garanhão de Monica Bellucci tentando fugir como pode das investidas desvairadas  de Louna sem que o amigo intocável e esquentadinho  desconfie. Remake do filme homônimo de 1977.Doce Veneno (Un moment d’égarement, França, 2015),de Jean-François Richet. Comédia Dramática.105 min.14 anos.Nota :3,0.

Nota - 03