Crítica – O Valor de um Homem (2015)

073291.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

Dai a César o que é de Cesar

Aos 51 anos, Thierry (Vincent Lindon) está desempregado. Ele faz cursos, formações, mas não consegue nenhum cargo para ajudá-lo a manter o lar, a esposa e o filho deficiente intelectual. Depois de uma série de entrevistas humilhantes, Thierry é empregado como segurança de um supermercado  responsável por delatar furtos diários  ouvindo o cinismo dos culpados subordinados a um sistema impiedoso (agora sentindo na pele um cruel dilema moral outrora vivido por ele).Parte dos seres humanos são essencialmente corruptos, contudo na Europa e nos Estados Unidos ninguém fica impune diferente do Brasil e da América do Sul.O Valor de um Homem (La Loi Du Marché, França, 2016), de Stéphane Brizé ( Uma Primavera com Minha Mãe).Drama.93 min.  Nota 3,5.Nota - 3,5