Crítica – Conspiração e Poder (2015)

577677.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Hollywood e a mídia  contra George W. Bush

Depois de  Michael Moore é a vez de um outro filme com ares de documentário atacar um dos presidentes mais criminosos dos Estados Unidos.Em meio a iminente releição de George W. Bush em 2004 a rede de TV Americana CBS  descobre documentos da década de 70 que comprovam que o ex-presidente forjou e encobriu  sua deserção á Guerra do Vietnã( um dos crimes mais graves em um país tão patriota).Após a publicação da matéria recai uma Incrível pressão da máquina governamental corrupta em cima do famoso ancora da emissora Dan Rather (Robert Redford) obrigando a idealizadora da matéria e produtora do programa 60 Minutes, Mary Mapes (Cate Blanchett)  a desmentir o fato após relutar muito a  um governo opressor ao quarto poder fiscalizador  que ficou acuado em sobreviver ao mercado capitalista.(Truth, EUA, Austrália, 2015), de James Vanderbilt.Drama.121 min.12 anos.Nota :4,0.Nota - 04