Cinema.Estreias da Semana.01.04.16

 Estreias da semana 01.04.16.jpg

Nunca é tarde para se casar oficialmente

Cerca de 15 anos depois a família Portokalos destrinchou e se multiplicou mas todos os membros continuam morando na mesma rua de acordo com a tradição grega e todo  carisma do Pater famílias Gus Portokalos  (Michael Constantine)  com o perdão da heresia em latim .Dessa vez o Casamento Grego é o dele Por incrível que pareça já que ainda não foi oficializado não foi oficializado na época. Enquanto isso, Toula (Nia Vardalos) e Ian (  tentam convencer a filha adolescente a escolher a faculdade mais perto de casa .Deliciosa e imperdível comédia no nível da original, uma das melhores do ano até agora.Casamento grego 2 (My big fat greek wedding 2, EUA, 2015), de Kirk Jones.Comédia.94 min.12 anos  Nota :3,5Nota - 3,5

 

431407.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Qualquer um pode ser um grande vencedor

Tem se tornado comum filmes de superação como este.O  herói  desacreditado , ridicularizado e sem cacoete para o grande desafio proposto que acaba queimando a língua da maioria dos invejosos de plantão. Mesmo cheio de chicles o que o torna este longa especial é a entrada triunfante do nosso eterno cowboy canastrão Hugh “Wolverine” Jackman partir da metade.Além disso , as cenas cruciais são perfeitas , cheias de suspense trazendo fôlego extra e novas alternativas á monotonia inicial. O herói em questão é Eddie The Eagle”(Taron Egerton) o mais famoso atleta de esqui da história britânica revelado durante dos Jogos Olímpicos de Inverno de Calgary no Canadá em 1988,o mesmo torneio da carismática equipe jamaicana de trenó( Bobsleigh) que inspirou o filme Jamaica Abaixo de Zero estrelado pelo saudoso John Candy. Voando alto (Eddie The Eagle, EUA, Reino Unido, Alemanha, 2015), de Dexter Fletcher.Drama.106 min.12 anos. Nota :3,5.Nota - 3,5

 

536748.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Norm e os Invencíveis.

Norm, um urso polar que aprendeu a falar a língua dos humanos e por isso é deixado de lado pelos outros ursos. Quando as pessoas começam a visitar o ártico para fazer turismo, o ecossistema da região é colocado em risco. Então, Norm decide embarcar junto com seus amigos lemingues em uma grande aventura com o objetivo de alertar a população sobre os perigos da atividade humana no ártico. Com muita aventura e bom humor.Norm e os Invencíveis.(Norm of the North , EUA, Índia, 2015), de Trevor Wall.Animação.90 min. Livre.

 

filme-zoom

O cinema nacional por dentro dos quadrinhos

Misturando animação com live-action, a trama  acompanha um diretor de cinema ,um produtor de Hq´s e um escritor. A vida de cada um deles se passa em realidades paralelas e suas histórias são contadas uns pelos outros. “O filme é uma aventura metalinguística que deixa o espectador preso em um ciclo de histórias cruzadas”, declara o diretor Pedro Morelli. Com Gael García Bernal, Mariana Ximenes, Claudia Ohana, e Jason Priestley (Barrados no Baile). Zoom (Brasil, 2015) de Pedro Morelli.Comédia.96 min. 14 anos.

 

091611.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Visões do passado

Após o trágico acidente que causou a morte de sua filha, o psicólogo Peter Bower( Adrien Brody,) e sua esposa voltam para Melbourne, onde se conheceram, para tentar retomar a vida. Ao perceber que há algo estranho com seus pacientes, Peter decide retornar a sua cidade natal e confrontar dilemas do passado que só ele pode resolver.Visões do passado(Backtrack, Austrália, 2015), de Michael Petroni.Suspense. Sam Neill, Robin McLeavy. 90 min. 14 anos.

 

275914.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

 

Para minha amada morta

Após a morte de sua esposa, o fotógrafo Fernando (Fernando Alves Pinto) torna-se um homem calado e introspectivo. Ele vive cercado de objetos pessoais da falecida, até descobrir, em uma fita VHS, uma surpresa que coloca em dúvida o amor da esposa por ele. Fernando decide investigar a verdade por trás destas imagens, desenvolvendo uma obsessão que consome seus dias e sua rotina.Para minha amada morta, Brasil, 2016), de Aly Muritiba.Drama.105 min. 14 anos.

542125

A Juventude – Crítica aqui

Um maestro aposentado está de férias com sua filha e com seu melhor amigo diretor de cinema quando recebe um convite da Rainha Elizabeth II para se apresentar no aniversário do Príncipe Philip.(La Giovinezza, Itália, França, Reino Unido, Suíça, 2015), de Paolo Sorrentino. Comédia dramática.

hpim0558_0.jpg

Histórias de Alice

Após o falecimento de sua mãe Alice, em Belo Horizonte, o cineasta brasileiro Lucas busca as raízes portuguesas de sua família do outro lado do oceano.(Histórias de Alice, Brasil, Portugal, 2016), de Oswaldo Caldeira (Pipa). Drama.

imã

O Gigantesco Ímã

O documentário enfoca a vida e a obra do pernambucano Evangelista Ignácio de Oliveira, o Vanja, que recicla equipamentos eletrônicos para construir câmeras de cinema.(Brasil 2014).Petrônio Lorena e Tiago Scorza.132 min.10 anos.

 

412731.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Quanto Tempo o Tempo Tem

Diretora de Fumando Espero (2008), Adriana Dutra volta-se, em seu novo documentário, para a relfexão sobre o pouco tempo que temos hoje para realizar tantas tarefas. É muito mais fácil identificar-se com as dúvidas e comentários da realizadora (numa narração em off) do que compreender a totalidade dos depoimentos de filósofos, psiquiatras e físicos, brasileiros e estrangeiros. Há, porém, dados e informações curiosos e dezenove entrevistas, entre elas uma com Max More, fundador do Transumanismo, movimento que usa as novas tecnologias para aprimorar as capacidades físicas e intelectuais. Brasil 2014. Adriana Dutra.Documentário.76 min.Livre