Crítica – Boa Noite, Mamãe (2015)

595673.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Não é a mamãe ?

Após ter o rosto desfigurado em um acidente de carro a mãe (Susanne Wuest) de dois garotos gémeos( Lukas Schwarz, Elias Schwarz) fica irreconhecível cheia de ataduras  causando desconfiança sobre sua verdadeira identidade. Durante o período pós- operatório abate um clima tenso e sombrio  no casarão afastado da cidade onde moram.Indicado pela Áustria ao Oscar 2016 o primeiro grande filme de terror do ano conta com uma trama envolvente e um final surpreendente.Quem será que está com a razão afinal?99 min.16 anos.Boa Noite, Mamãe (Goodnight Mommy, Áustria, 2015), de Veronika Franz, Severin Fiala Terror. 99 min.16 anos. Nota :3,5.Nota - 3,5