Crítica – Tirando o Atraso (2015)

008819.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

A volta do velho Robert De Niro de sempre 

Atuando em dois a três filmes por ano aos 72 anos De Niro não para nunca!Apesar de algumas escolhas erradas tem mostrado ultimamente o mesmo talento que o consagrou nos anos 70 e 80. Além disso, nos fez lembrar o peculiar sarcasmo e a ótima forma física do clássico vilão em  Cabo do Medo. Na trama interpreta o avô safado que impõe ao neto nubente (Zac Efron) um fim de semana de pura sacanagem nas praias sem lei de Miami.O velho Dick em plena forma resolve tirar o atraso, imediatamente após a morte da esposa.Comédia engraçadíssima, cheia de palavrões e imagens improprias para menores de 16 anos que as adultas vão adorar.Tirando o Atraso (Dirty Grandpa , EUA, 2015), de Dan Mazer (Borat).Comédia.102 min.16 anos. Nota :4,0.Nota - 04