Crítica – A Segunda Esposa (2012)

20264643.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx.jpg

Segunda esposa, segunda mãe e quase irmã

Ayse (Begüm Akkaya) de 19 anos é obrigada  a sair de sua terra natal na Turquia para se casar  com o jovem Hasan (Murathan Muslu) em Viena numa realidade completamente diferente da sua. Ocorre que de fato ela se tornou a segunda esposa do decano  Mustafa (Vedat Erincin) para administrar e sustentar uma casa com seis filhos enquanto  a primeira esposa Fátima (Nihal G. Koldas) faz quimioterapia contra o câncer.Um tema interessante envolvendo o choque de culturas religiosas sob a ótica da religião muçulmana,sobretudo a difícil convivência com a geniosa filha mais nova do casal quase da mesma idade que ela. A segunda esposa (Kuma, Áustria, 2012), de Umut Dag .Drama. 93 min.14 anos.Nota :2,5.Nota - 2,5