Crítica – American Ultra: Armados e Alucinados (2015)

042606.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Super Soldado Alucinado e trapalhão 

American ultra é uma sátira de humor negro aos super soldados “Bourne” desenvolvidos pela CIA  ,dessa vez com muito sangue ao gosto de Quentin Tatantino. Na trama, Mike Howell (Jesse Eisenberg) é um  jovem extremamente inseguro, mas acima de qualquer suspeita, indiferente aos inimigos e as novas habilidades.Tudo o que ele quer  de fato é viver uma vida tranquila ao lado do seu grande amor, a companheira Phoebe (Kristen Stewart). É engraçado vê-los discutindo a relação  enquanto são perseguidos por outro supersoldado “sem noção” ,além disso,  o chefão dessa máfia louca é   interpretado pelo caricato Bill Pullman. American Ultra: Armados e alucinados.(American ultra, EUA, 2015), de Nima Nourizadeh.Comédia.96 min.16 anos.Nota :3,5.Nota - 3,5