Crítica –Maggie (2015) – Em DVD

337743.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxxNunca foi tão dramático exterminar zumbis

Poucos dias depois de estrear o novo Exterminador do Futuro, Schwarzenegger está de volta na pele de um frágil pai de família em uma pequena cidade do interior infectada por zumbis.Com a epidemia em queda produzindo seres muito menos agitados que o habitual, a trama se concentra na filha do protagonista infectada pelo vírus terminal(Abigail Breslin – A Pequena Miss Sunshine).Em uma belíssima fotografia, o longa inova mostrando todas as fases da doença a partir dos primeiros sintomas; de uma forma tão dramática ,raramente vista em filmes do gênero, tampouco vividos pelo grande astro dos filmes de ação nos anos 80.

225765.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx Sempre se matou zumbis a esmo como se fossem animais irracionais sem imaginar que enquanto houvesse consciência estar-se-ia destruindo uma vida(alma)na esperança de ser curada,sobretudo destruindo uma família. Maggie – A Transformação (Maggie, Suíça, Estados Unidos, 2015), de Henry Hobson. Suspense e Terror.95 min.14 anos. Nota :4,0  

Nota - 04

153871.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx228265.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx 229984.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx 308673.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx 567544.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx