Cinema.Estreias da Semana.09.10.15

 Estreias da Semana.09.10.15                                

 Prelúdio do  Peter Pan clássico de 1953

Pã, ou Fauno (Lupércio  em Roma) é o deus dos bosques, dos campos  e dos rebanhos na mitologia grega.O garotinho alegre de orelhas pontiagudas, chifres e pernas de bode ,companheiro das ninfas e de sua inseparável flauta.Todavia, ele é temido por todos aqueles que necessitam atravessar as florestas à noite; daí o termo “pânico”. Por isso a trama tem os mesmos requisitos da jornada do herói de Joseph Campbell.

576411.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Já no longa da Warner, Peter(Levi Miller (II)) é um garoto rebelde de 12 anos abandonado em um convento,cuja mãe Mary Darling (Amanda Seyfried) é uma mortal casada com um deus mitológico,ambos desaparecidos. Logo, sua missão como messias é proteger  o  lendário reino das fadas pertencente a Terra paralela do Nunca do temível pirata Barba Negra( Hugh Jackman). Para ajudá-lo ele conta com a bela Tiger Lily(Rooney Mara), uma espécie de guerreira amazona , líder do povo da floresta e, quem diria,  com o futuro Capitão Gancho(Garrett Hedlund) ainda jovem- inspirado no mercenário Han Solo-, fazendo de tudo para não se corromper.Uma grande aventura, visualmente fantástica para as crianças , mas ingênua para os adultos, com exceção das encantadoras sereias(Cara Delevingne) e dos temíveis crocodilos  gigantes. Peter Pan (Pan, EUA, 2015), de Joe Wright(Orgulho e Preconceito).Aventura.111 min.10 anos.Nota :3,0.Nota - 03

367903.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

A vida inteira por um fio 

O Equilibrista foi o documentário vencedor do Oscar de 2009,  fielmente, transformado agora  em uma dramática aventura  interpretada por atores hollywoodianos cujos fatos por mais esdrúxulos de sejam , podem ser comprovados por imagens e documentos. Ademais, o roteirista do filme é o próprio equilibrista francês  Philippe Petit, o mesmo  que atravessou as saudosas Torres Gêmeas em 7 de agosto, de 1974 pouco antes de serem inauguradas ao público.Um perfeccionista amante do oficio e do perigo,obcecado em transpô-las anos antes do projeto sair do papel. A trama é quase idêntica ao documentário destacando mais sua infância e as inúmeras proezas em Paris,amparado por incríveis efeitos visuais e vertiginosos em 3D quando disponível. Com Joseph Gordon-Levitt – o Robin de Cavaleiro das Trevas Ressurge-, Ben Kingsley e Charlotte Le Bon. A   Travessia (The Walk, EUA, 2014), de Robert Zemeckis(Forrest Gump).Drama. 123 min.14 anos. Nota :4,0.

 .Nota - 04

387255.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

                                Revolução ao invés de evolução

No mesmo dia em que o executivo americano Jack Dwyer(Owen Wilson) ao lado da esposa e as duas filhas pequenas desembarcam para uma nova fase no Leste Asiático acontece um violento Golpe de Estado. Desesperado ele tenta proteger seu maior tesouro, o único que as traças não corroem com o tempo; quando surge inesperadamente o aventureiro Hammond (Pierce Brosnan) para tentar tirá-los do país com vida .Um thriller que marcou a estreia do comediante Owen Wilson ao gênero de ação com sucesso, devido as cenas  em close de ranger os dentes. Ditaduras caem a todo  momento, e grupos rebeldes extremistas surgem no mesmo ritmo; uma trágica realidade semelhante a nossa, infelizmente.Horas de desespero (No Escape, EUA, 2015), de John Erick Dowdle(Quarentena).Ação.101 min.16 anos.Nota :3,5.

Nota - 3,5

493460.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

 Quando a vítima se torna réu

Duas adolescentes cujos pais passam por uma fase conturbada, tornam-se grandes amigas no colégio devido suas personalidades antagônicas.Enquanto  Joséphine é uma adolescente tímida e realista, Sarah é descolada, destemida e alienada. Tudo vai maravilhosamente bem  até ambas descobrirem o maior segredo da outra;motivo principal para o reino de fantasias de Sarah  desmoronar revelando sua verdadeira face .Isso torna Joséphine sua maior inimiga, o que leva a pobre garota  a uma profunda depressão – um vulcão prestes a entrar em erupção. Respire (Respire, França, 2015), de Mélanie Laurent ( a musa de Bastardos Inglórios).92 min. Nota :4,0.Nota - 04

21050504_20131017160434595.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

 A beleza do velho e do feio

A partir das primeiras cenas elucidando a mal sucedida entrevista de emprego, nota-se que Lulu (Karin Viard), uma mulher tímida, desorganizada e mal vestida não terá sucesso na vida que leva. Logo  decide radicalmente abandonar o marido e os filhos para viver em um camping ao lado de um velho hippie e seus amigos . Á primeira vista temos a impressão de que esta mulher de meia idade está transtornada ou é louca mesmo.Entretanto, com o tempo, descobrimos através de suas boas e caridosas intenções que “o buraco é mais embaixo”, sobretudo após ela ajudar diariamente uma solitária idosa já no fim da vida. Lulu nua e crua (Lulu femme nue, França, 2013), de Solveig Anspach.Comédia dramática.90 min.12 anos.Nota :4,0.

Nota - 04

Road to John Lennon

Era um professor de gramática (Javier Câmara) que como eu amava os Beatles e nem tanto os Rolling Stones. Durante as aulas, usava músicas dos Garotos de Liverpool  para ensinar inglês na Espanha em 1966.Certo dia descobre que John Lennon iria visitar a província da Almería durante as gravações de um filme. Determinado a conhecê-lo, inicia uma longa jornada em seu simpático carro velho acompanhado de um garoto de 16 anos (Francesc Colomer) que fugiu de casa e uma garota de 21(Natalia de Molina  )que também parece estar fugindo de algo ou de si mesma. Enquanto não realizavam a proeza acabaram simpatizando com os moradores de lá, sobretudo, com um deficiente intelectual. Com suaves imagens em amarelo granulado semelhante às cenas do longa Cidade de Deus nos anos 60 – tempos áureos da cultura e da criatividade. Filme indicado pela Espanha ao Oscar 2015.Viver é fácil com os olhos fechados (Vivir es fácil con los ojos cerrados, Espanha, 2013), de David Trueba.Comédia.108 min.12 anos.Nota :3,5.Nota - 3,5

476330.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Arlequinas contra Galhofeiros

Em uma noite chuvosa, duas belas mulheres batem à porta de Evan Webber (Keanu Reeves). Ele está sozinho em casa, já que a esposa e filho estão viajando. Não demora muito para que ambas o seduzam, tendo uma noite de amor com ele. Só que, no dia seguinte, elas passam a persegui-lo implacavelmente,tomam-no como refém para brincadeiras pouco confortáveis e torturas, enquanto a família não volta. A trama  se desenvolvia bem até ai, até se transformar em um terror piegas e barato ou melhor, numa comédia de humor negro com atuações pouco convincentes. Bata antes de entrar.(Knock Knock, Chile, EUA, 2015), de Eli Roth.Terror. 96 min.16 anos. Nota :2,0. Nota - 02


​                            
Os árabes também dançam

Eyad é um menino de uma aldeia árabe em Tira, Israel, que tem a oportunidade de estudar em um internato de prestígio em Jerusalém. Eyad se esforça para se encaixar com a cultura judaico-israelense do final de 1980. Ele desenvolve uma estreita amizade com Jonathan, que sofre de distrofia muscular, e é abraçado como um membro da família por Edna, mãe de Jonathan. O tempo passa e com os mísseis de Saddam Hussein pairando sobre o horizonte, Eyad conhece o amor e a decepção, e toma uma decisão que vai alterar o seu destino para sempre.(Aravim rokdim, Israel, 2014), de Eran Riklis .Drama.105 min.