Crítica – Bata antes de Entrar

476330.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Arlequinas contra Galhofeiros

Em uma noite chuvosa, duas belas mulheres batem à porta de Evan Webber (Keanu Reeves). Ele está sozinho em casa, já que a esposa e filho estão viajando. Não demora muito para que ambas o seduzam, tendo uma noite de amor com ele. Só que, no dia seguinte, elas passam a persegui-lo implacavelmente,tomam-no como refém para brincadeiras pouco confortáveis e torturas, enquanto a família não volta. A trama  se desenvolvia bem até ai, até se transformar em um terror piegas e barato ou melhor, numa comédia de humor negro com atuações pouco convincentes. Bata antes de entrar.(Knock Knock, Chile, EUA, 2015), de Eli Roth.Terror. 96 min.16 anos. Nota :2,0 Nota - 02

302289.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx 303226.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx 306351.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx 307445.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx 308226.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx 309164.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx 310414.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx 473986.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx 474767.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx