Crítica – La Sapienza (2014) 

46aAmor e sabedoria

O ateu francês Alexandre Schmid (Fabrizio Rongione)  acompanhado da bela esposa Aliénor (Christelle Prot),  embarcam numa viagem de renovação para salvar o casamento, através dos estudos da arquitetura do lendário Francesco Borromini. Ao Chegarem à pequena cidade de Stresa(com  belíssimas paisagens  de Roma e Turim), encontram os desconhecidos irmãos Goffredo (Ludovico Succio) e Lavinia (Arianna Nastro) e decidem a partir daí realizar um inocente passeio arquitetônico e litorâneo com cada um sem interesses ou retribuição, o chamado amor incondicional. Isso poderá quitar débitos de muitas encarnações dando o sentido á vida que Alexandre procurava,e libertando á todos da escuridão: paz interior. La sapienza (La Sapienza, Itália, França, 2014), de Eugène Green Drama.104 min.Nota :3,5   Nota - 3,5

15GREENE1-master675

LA SAPIENZA, Christelle Prot, 2014. ©Kino Lorber

LA SAPIENZA, Christelle Prot, 2014. ©Kino Lorber

la_sapienza_foto_10 la-sapienza.superbanner la-sapienza-2014-eugene-green-03 maxresdefault (1) maxresdefault XVM484d3602-d21a-11e4-96a3-1d13c2d17560