Crítica – A Festa de Despedida (2014)

524591.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxxJudeus Ex Maquina

Um grupo de amigos em uma casa de repouso em Jerusalém, constroem uma máquina de auto-eutanásia a fim de ajudar um amigo em estado terminal. Quando os rumores sobre a máquina começam a se espalhar, mais e mais pessoas começam a se interessar pela ideia de partir dessa para uma melhor e o grupo de amigos se questionam se o que estão fazendo é a coisa certa. Apesar abordar um polêmico e desgastado tema reprovado pela maioria das religiões inclusive o judaísmo  o longa não se desenvolve muito bem, cozinhando sem muita alternativa  ou  desfecho.A festa de despedida.(Mita Tova – The Farewell Party, Alemanha, Israel, 2014), de Tal Granit, Shayron Maymon.Comédia dramática. Nota :2,0 Nota - 02

340369.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx 347537.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx 353534.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx 363339.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx 518536.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx 521505.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx 527824.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx