Clássicos do Cinema Mudo – Limite, de Mario Peixoto (Brasil, 1931)

Publicado originalmente em ÁRES LIBERTÁRIOS:
Nota: escrevi este texto originalmente para apresentar como um trabalho da disciplina de História do Cinema I, ministrada pelo professor Hugo Mengareli no curso de cinema da Faculdade de Artes do Paraná. Introdução Aprecio, neste trabalho, o filme Limite, do diretor brasileiro Mario Peixoto. Obra referencial na nossa cinematografia,…

Leia mais Clássicos do Cinema Mudo – Limite, de Mario Peixoto (Brasil, 1931)

Limite – Mario Peixoto (1931)

Publicado originalmente em Avant, Cinema!:
Por Gabriel Dominato Mais que um filme, Mario Peixoto em 1931 criou um poema visual irretocável com seu Limite. Tão genial e visionário, Peixoto antecipara uma estética que viria a ser muito comum aos anos 1960, mas que até então pouco se havia visto. Carregado de simbolismos e signos em…

Leia mais Limite – Mario Peixoto (1931)

Ciência e Espiritualidade Parte I

Por mais que neguem os materialistas, a espiritualidade é um atributo que faz parte da essência do ser humano. Desde os tempos primitivos o Homem percebeu que existem forças que transcendem o seu domínio e passou a respeitar, a temer e a se subjugar diante das ameaças dos fenômenos da natureza, da conjunção dos astros […]

Leia mais Ciência e Espiritualidade Parte I