Ingratidão que machuca

Construtores do Reino

Particularmente, acredito que o pecado que mais fere o coração é a ingratidão. Penso que é muito mais fácil perdoar outros males que uma pessoa pratique contra nós do que perdoar um ato de ingratidão. Esquecer que você fez tudo de bom que podia para alguém e esse alguém tratou com desdém, fingiu que não foi com ele, em alguns casos até recusou. Até Jesus sentiu-se ofendido com a ingratidão, como demonstra o Evangelho de hoje (Lc 17, 11-19)

Ao curar os dez leprosos que lhe pediram a graça, Jesus o fez com todo amor que lhe era característico. Apenas um voltou para agradecer, “glorificando a Deus” (Lc 17, 15), chamando a atenção do Mestre: “Não foram dez os curados? E os outros nove, onde estão?” (Lc 17, 18). Sempre que ouço esse Evangelho, penso na insatisfação de Jesus ao ver que o bem que Ele praticava não era reconhecido…

Ver o post original 459 mais palavras