O QUE É ESPÍRITO ERRANTE E ERRATICIDADE?

 O que é Espírito errante?

São os Espíritos desencarnados que ainda precisam reencarnar para se aperfeiçoar. Os Espíritos puros que atingiram a perfeição não são errantes, porque não precisam mais reencarnar.
O que é erraticidade?
Os Espíritos (desencarnados) que ainda necessitam reencarnar, enquanto aguardam (no plano espiritual) uma nova encarnação encontram-se na erraticidade. Então, erraticidade é o intervalo que se encontra o Espírito de uma encarnação para outra.
O Espírito progride na erraticidade?
Pode melhorar-se muito, depende da vontade e do desejo que tenha de consegui-lo. Todavia, na existência corporal é que põe em pratica as idéias que adquiriu. (questão 230)
Ou seja, na erraticidade (enquanto o Espírito aguarda uma nova encarnação), ele estuda, aprende e depois tem que reencarnar para colocar em prática o que aprendeu neste intervalo, é o caso de André Luiz. Exemplo: É no estágio que o aluno coloca em prática o que aprendeu na escola.
Richard Simonetti responde:

Existe um tempo certo para reencarnar?
Não. Podemos ficar um ano ou um milênio. Depende de nossas necessidades e opções.
Em média, ficamos mais tempo na Terra ou no Além?
Tendemos a ficar mais tempo no mundo espiritual, até por uma questão de disponibilidade reencarnatória. A população desencarnada é bem maior, perto de 20 bilhões. Não estão equivocados os confrades que falam da necessidade de valorizarmos a experiência humana, considerando que há filas no Além, aguardando o mergulho na carne.
O retorno à carne é decidido pelo próprio interessado?
Depende de seu estágio evolutivo. Espíritos mais amadurecidos, conscientes de suas responsabilidades planejam a época do retorno. Espíritos imaturos são orientados e conduzidos por mentores espirituais.
E se o Espírito recusar-se a reencarnar?
Havendo necessidade premente, seus mentores providenciarão a reencarnação compulsória.
Obrigado a reencarnar, não será natural que o Espírito venha a se rebelar, que não assuma suas responsabilidades?
Provavelmente, tanto quanto o sentenciado que não se conforma com a prisão em que foi confinado. Mas, assim como a penitenciária objetiva conter o comportamento criminoso, a reencarnação compulsória desbasta as imperfeições mais grosseiras do Espírito reencarnante. Entre “choro e ranger de dentes”, segundo a expressão evangélica, ele amadurecerá.