Cinema. Estreias da Semana.15.02.18

Anúncios

Crítica – Lady Bird: A Hora de Voar (2017)

  Muito Além de uma Vida Ordinária de Colégio   A vida corriqueira da adolescente Christine McPherson (Saoirse Ronan – indicada a Melhor Atriz), desde o colégio até a universidade. Namoros e atritos com a mãe (Laurie Metcalf… Continuar lendo

Crítica – Lágrimas Sobre o Mississipi (2017)

  Guerra contra Nazistas, Machistas e Racistas    Sob a ótica do piloto atormentado pelos fantasmas da Segunda Guerra, Jamie McAllan (Garrett Hedlund), estar de volta à pátria é um alívio – mesmo não conseguindo se adaptar ao modo de vida… Continuar lendo

Crítica – Três Anúncios Para Um Crime (2017)

  Violência gera Violência  Inconformada com a ineficácia da polícia em encontrar o culpado pelo brutal assassinato de sua filha, Mildred Hayes (Frances McDormand) decide chamar atenção para o caso não solucionado alugando três outdoors em uma estrada raramente usada. A principal semelhança… Continuar lendo

Crítica – Eu, Tonya (2017)

Vencer a qualquer custo   Os americanos nascem condicionados a serem os melhores em tudo, formando uma nação de muito cérebro e sem coração, despreocupada em exorcizar os demônios internos e achando que o inferno são os outros, sem conhecer a si… Continuar lendo

Historias da inundação

Publicado originalmente em O Erudito:
A realidade é mito, a matemática ea metáfora, trouxe a experiência e aprender. A história de Noé eo Dilúvio é um conto mitológico atado com metáforas sobre a…

CLÁSSICO DA LITERATURA: “Fahrenheit 451”, de Ray Bradbury

Publicado originalmente em Gaveta de Bagunças:
  “Se não quiser um homem politicamente infeliz, não lhe dê os dois lados de uma questão para resolver; dê lhe apenas um. Melhor ainda, não lhe dê nenhum.”…

Cinema.Estreias da Semana.08.02.18

Crítica – O Sacrifício do Cervo Sagrado (2017)

Macumba mortal   Revoltado com a morte do pai, o jovem Martin (Barry Keoghan), de 16 anos, que mora com a mãe (Alicia Silverstone), faz uma macumba para os dois filhos do renomado… Continuar lendo

Crítica – Sem Amor (2017)

              Triste realidade familiar Zhenya e Boris estão atravessando um divórcio conturbado, marcado por ressentimento, frustração e recriminações. Cada um com um novo parceiro, estão impacientes para… Continuar lendo