Crítica – Amantes Eternos

04/08/2014

only-lovers-left-alive-e1383516991640

only-lovers-left-alive-6

Rock  ‘N’ Roll  All Nite

História de amor entre dois vampiros cansados da sociedade onde vivem.Os dois vivem reclusos em seu cômodo escuro, arriscando-se entre um show de rock e outro. Até para se alimentar optaram por sangue manipulado em laboratório médico Uma  temática até que interessante e inovadora, protagonizada por Tom Hiddleston( o Loki, irmão de Thor),porém um tanto repetitiva.Contudo,sua rotina é interrompida com a chegada da incontrolável irmã caçula, prova  que é impossível ser  feliz para sempre.Com Tilda Swinton, Mia Wasikowska, John Hurt, Anton YelchinAmantes eternos (Only lover left alive, Alemanha/ Reino Unido/ França/Chipre, 2013), de Jim Jarmusch.Drama.  123 min.Nota:2,5

2 estrelasmeia estrelaestrela vaziaestrela vazia

maxresdefault

ONLY-LOVERS-Tilda-Swinton

RZ6A7363.JPG

image


Crítica – Vestido pra Casar 

03/08/2014


553599.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Se Mentir, Não Case

O mesmo diretor do intrigante filme espírita Área Q se inspirou no inesquecível clássico de Peter Sellers( Um convidado bem trapalhão)para desenvolver está comédia nacional.A trama é bem interessante,mas com alguns diálogos um pouco forçados.É a chamada “comédia de erros”, onde uma inocente mentirinha cresce descontroladamente feito bola de neve.Foi o que fez  o excepcional personagem de Leandro Hassum ,justamente na hora de buscar a noiva no aeroporto(Fernanda Rodrigues). Ocorre que o infeliz acabou rasgando, sem querer, o vestido de alta costura da estonteante mulher(Renata Dominguez) de um deputado ciumento quando ela estava aos beijos com o amante(Marcos Veras). O ato, porém, acabou sendo flagrado por um chato paparazzi.Agora o astuto gordinho  precisa arrumar urgentemente outro vestido idêntico para servir de álibi;além de justificar a tamanha saia justa para amada. Com Tonico Pereira, Júlia Rabello, André Mattos.Vestido pra casar (Brasil, 2014), de Gerson Sanginitto.Comédia.Livre.Nota:2,5

2 estrelas meia estrela estrela vaziaestrela vazia 

164329.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

440717.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

160735.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

157297.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

150735.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

146047.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx


Crítica – The Rover – A Caçada

03/08/2014

 

The_Rover_square

Quanto Vale uma Vida?

Dez anos depois do colapso econômico, ambientado numa terra sem lei  localizada no deserto australiano.Um cenário apocalíptico  habitado não por mocinhos e bandidos westernianos,  apenas  sobreviventes de uma nova era medieval a la Mad Max.

326201.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

A trama gira em torno de Eric(Guy Pearce-òtimo)-  miserável eremita transformado num  assassino impiedoso ao lado de Rey – deficiente mental(Robert Pattinson-ótimo) abandonado pela gangue da qual perseguiam.

469226.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Um filme extremamente tenso pelas expressões corporais e não pelos diálogos fúteis.Somente uma única médica que acolhia tanto homens e animais, sem interesse, merecia estar de volta ao Paraíso.Já Rey por sua ingenuidade talvez galga-se um lugar no Purgatório . The Rover – A Caçada (The Rover, Australia, 2014), de David Michôd .  Ação . 103 min.Nota :3,5

  3 estrelasmeia estrelaestrela vazia

321571.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx   179895.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

039938.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

326201.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx


Joias do Infinito – Afinal, o que são? Quais já apareceram nos filmes da Marvel?

03/08/2014

Nos quadrinhos, as Joias do Infinito são seis gemas extremamente poderosas, sendo que cada uma confere uma habilidade diferente ao portador. Thanos ainda criou a “Manopla do Infinito” – uma manopla é uma arma parecida com uma luva -, para que na Manopla fossem colocadas as seis gemas. O objetivo era poder usar as seis ao mesmo tempo, fazendo de seu portador um ser onipotente, capaz de controlar todo o universo. Muito tempo depois, Loki encontrou uma setima Joia, que não faz parte do conjunto das originais.
No universo cinematográfico da Marvel, já estão confirmadas três Joias do Infinito (Tesseract, Éter e Orbe), e especula-se que a quarta seja aquela pedra azul no cetro do Loki. As Joias estão aparecendo no decorrer dos filmes, não sendo apresentadas logo de cara como Joias do Infinito, mas uma cena pós-créditos de “Thor: O Mundo Sombrio” deixou claro que o Éter e o Tesseract eram Joias do Infinito, e o diretor de “Guardiões da Galáxia” confirmou que mais uma apareceria no filme.
Se em cada filme uma Joia está tendo um papel importante, pode ter certeza que logo veremos todas as Joias reunidas, uma vez que depois da estreia de “Guardiões da Galáxia” já teremos visto quatro das seis, Thanos estará consolidado na busca pelas Joias e Thanos já está confirmado como o principal antagonista de “Os Vingadores 3″.
Enfim, vamos comentar sobre as Joias?
  • Joia do Espaço – Concede a habilidade de transportar qualquer coisa de uma parte do universo para outra instantaneamente; estar em todas as partes do universo ao mesmo tempo; ou até mesmo alterar a estrutura do espaço.
  • Joia da Mente - Aumenta a capacidade mental do portador; permite acessar a mente de qualquer ser no universo; permite controlar a mente de qualquer ser no universo.
  • Joia da Alma - Esta joia permite ao seu portador roubar e manipular alma dos vivos e dos mortos. A joia precisa de tempos em tempos ser alimentada por almas.
  • Joia do Poder - Aumenta todas as capacidades físicas do usuário (inclusive as meta-humanas); concede ao usuário acesso a todo o poder e toda a energia existentes no universo.
  • Joia do Tempo - O portador pode viajar livremente pelo passado, presente e futuro; pode também aprisionar qualquer ser, ou mesmo planetas e galáxias inteiras, em um ciclo de tempo que fica se repetindo.
  • Joia da Realidade - Isoladamente, é a mais poderosa, e a mais difícil de ser usada. Pode realizar qualquer desejo do portador, mesmo que isto vá contra as leis da física (sim, elas existem nos quadrinhos também!).
Mais tarde Loki encontrou uma sétima joia. Era é chamada de Joia do Ego, e permite ao seu portador controlar energias dimensionais (não tenho certeza, mas acho que ela também permite se descolar por dimensões paralelas).
AS JOIAS DO INFINITO NO CINEMA:
Conforme comentei antes, o Tesseract, o Éter e uma terceira joia (provavelmente o Orbe) já estão confirmadas no Universo Marvel Cinematográfico. É muito possível também que a pedra no cetro de Loki seja uma quarta joia. A Manopla do Infinito também já aparece nas telonas.
  • A Manopla do Infinito:
 
Este objeto aparece no fundo da Sala de Tesouros de Odin logo nas primeiras cenas do filme “Thor”. Logo de cara causou alvoroço nos fãs, por ser igual à Manopla dos quadrinhos. A Marvel Studios já confirmou que de fato era a Manopla do Infinito.
 
  • O Tesseract:
Aparece em: Homem de Ferro 2 (em um rascunho de papel do pai do Tony Stark), Capitão América: O Primeiro Vingador e Os Vingadores; também é citado em Thor: O Mundo Sombrio, aonde é confirmado que é uma Joia do Infinito. Especula-se que seja a Joia do Espaço por seu papel em Os Vingadores, aonde ela foi usada por Loki para vir à Terra e para trazer o exército Chitauri para a Terra.
Se for assim, imagino que aquelas pessoas “desintegradas” no primeiro filme do Capitão América devem na verdade ter sido levadas para algum outro lugar… O que abre brecha também para o Caveira Vermelha estar vivo!
  • O Éter:

Aparece em: Thor: O Mundo Sombrio; também foi confirmada neste filme como uma Joia do Infinito. Especula-se que seja a Joia da Almaporque.. bem… não sei, só é a posição mais comum entre os fãs… Eu meio que concordo por eliminação (não é da mente, nem do espaço, nem do tempo, possivelmente a da realidade apareça por último – aposto que só em Os Vingadores 3 – e possivelmente o Orbe seja a do poder).
  • O Orbe:
A Marvel Studios já confirmou duas coisas: que apareceria mais uma Joia do Infinito neste filme, e que o enredo seria em torno de um Orbe que poderia destruir uma Galáxia. Especula-se que ele seja a Joia do Poder porque ela tem o poder de destruir uma Galáxia, oras!
  • O cetro de Loki:
O cetro do Loki apareceu em Os Vingadores e na cena pós-créditos de Thor: O Mundo Sombrio. Especula-se que seja a Joia da Mente porque Loki usou ela para controlar um monte de gente.

Cinema.Estreias da Semana.31.07.14

02/08/2014

estreias da semana 31.07.14

Hélio Oiticica 

helio

Este documentário conta a história do artista plástico Hélio Oiticica através de fitas K7 que o próprio gravou durante os anos de 1960 e 1970. As “Heliotapes” foram encontradas por seu sobrinho Cesar Oiticica Filho, que dirige este longa, quando preparava uma exposição sobre a vida e obra do tio. Fugindo da narrativa tradicional, o filme aborda diversos aspectos da biografia de Oiticica, como suas aspirações anarquistas, sua temporada em Nova York e seu contato com as drogas.(Brasil, 2012), de Cesar Oiticica Filho.Documentário. 95 min. Livre.

homem

O homem das multidões

 Juvenal é um maquinista de metrô em Belo Horizonte, Margô controla o fluxo dos trens. Ambos vivem em um estado de profunda solidão, cada um a sua maneira. O filme é uma reflexão sobre diferentes formas de solidão e amizade no universo urbano brasileiro.(Brasil, 2012), de Cao Guimarães e Marcelo Gomes(Cinema, Aspirinas e Urubus).Drama.94 min.14 anos.


Crítica – Como na Canção dos Beatles: Norwegian Wood

30/07/2014

19599419.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

19599417.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Amores Estudantis á Flor da Pele

Como na Canção dos Beatles: Norwegian Wood, mesmo título do best-seller de Haruki Murakami sobre a  relação amorosa entre dois estudantes envoltos nos densos bosques nipônicos, durante o conturbado período da Guerra do Vietnã. Ocorre que Naoko (Rinko Kinkuchi- Babel) ainda chora a morte do ex-namorado Kizuki (Kengo Kôra),  o melhor amigo de Watanabe (Ken’ichi Matsuyama).Já na primeira relação sexual a garota enlouquece tendo que ser levada para um sanatório. Mudam-se as estações na brilhante fotografia de Ping Bin Lee( Amor à Flor da Pele),mas nada mudou.Até Watanabe conhecer a extrovertida e auto-confiante Midori (Kiko Mizuhara) – tudo o que Naoko não é. A partir desse encontro ele terá de escolher entre seu passado e seu futuro.Trilha Sonora assinada pelo guitarrista do Radiohead, Jonny Greenwood. Indicado em 2010 ao Leão de Ouro no Festival de Veneza.Como na Canção dos Beatles: Norwegian Wood ,Japão 2010, de Tran Anh Hung( O cheiro de papaia verde).Drama.133 min.14 anos. Nota :4,0

 4 estrelas

filmes_5393_Como-na-Cancao-dos-Beatles-1

19683574.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

19683573.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

19683576.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx


Crítica – Cortinas Fechadas

29/07/2014

cortinas fechadas

Opressão X Liberdade de Expressão

Jafar Panahi, preso em 2010 foi  proibido de filmar pelos próximos 20 anos acusado de fazer propaganda contra o governo  do pais o que obviamente não o impediu de realizar esta película. A trama  simboliza o Id(instinto), Ego (racionalidade) e o Superego(moralidade) da mente do próprio diretor iraniano  através  de três atores diferentes:O protagonista é um escritor paranoico enclausurado na escuridão de uma residência  semelhante a da personagem de Nicole Kidman em Os Outros.O objetivo é esconder seu cachorro proibido pela ditadura islâmica de  viver  por ser considerado impuro.Enquanto isso, dois jovens rebeldes invadem o local desesperados por abrigo.Cortinas fechadas (Pardé, Irã, 2013), de Jafar Panahi e Kambuzia Partovi.Drama. 106 min. Nota :4,0 

4 estrelas

cortinas-fechadas


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 910 outros seguidores